14 de junho de 2011

Laura Elias - Autora Brazuca.

Prólogo:
O silêncio na sala era ensurdecedor. Olhou as horas novamente, imaginando onde andaria o marido.
Há meses era assim... chegava tarde, andava distante, desisteressado dela. Sinais clássicos de que havia outras pessoa em sua vida, de que o casamento ia mal.
Mas ela não queria pensar nisso, ela não admitia isso. Ela o amava! eles eram perfeitos um para o outro, não era assim que os amigos os chamavam? Casal Maravilha?
Mais uma vez consultou o relógio, andando vagarosamente sobre o tapete persa que custara uma fortuna. Logo ele estaria ali, logo tudo ficaria bem.Mas ele não chegou e nem telefonou. Mais uma noite em que dormiria só, agarrada ao travesseiro.
Sem saber muito bem porque fazia aquilo, Kristie Phillips imaginou uma outra vida, ao lado de outro homem. Um homem alto e forte, másculo e seguro, que simplesmente a arrebatasse daquela vida de aparências e luxos e a mergulhasse em um mundo novo de paixão, calor, desejo.
Estou enlouquecendo - pensou, procurando controlar a mente enquanto se preparava para dormir.
Longe dali, Lucas, seu marido, dormia tranquilamente nos braços da amante.
Do outro lado da cidade, um jovem índio de olhos verdes se preparava para sua última aventura.
Muito em breve suas vidas se encontrariam e então, tudo poderia acontecer.


 Este é um dos Romances da Autora Laura Elias. Já falei para a Laura que me apaixonei por esta história, porém os livros sumaram das Bancas, todos vendidos! Ai Ai, vou ter que dar um jeito de achar! eheheh Laura também é autora de outros Romances além de uma saga que conta com 2 livros já publicados Red Kings.


Saga Red Kings

Prólogo:
Quando a vi pela primeira vez, muito antes de Simon Blackwell e Bill Stone, soube que nela residia nossa redenção, e embora não deixasse de ser intrigante que alguém tão jovem e frágil fosse a chave para nos abrir as portas d eliberdade, eu já vivera o suficiente e conhecia muito bem as ironias da vida.
Ela era como todos os humanos, certa de que vampiros não passavam de produtos da literatura ou frutos de superstição, nada além de uma excelente fonte de renda para o cinema, abastecendo as pessoas com uma saudável dose de assombro e medo para desviar sua atenção de um cotidiano pouco emocionante.
Não que eu tivesse algo a reclamar. Ao contrário, isso era muito adequado para ocultar nossa presença no mundo. No entanto, era chegado o empo de assumirmos nosso direito de existirmos em paz, de não mais nos escondermos, vítimas do medo irracional, da perseguição implacável e do extermínio.
Nossa história, tão antiga quanto o próprio tempo, estava para ser aberta e depois contada, varrendo para sempre os esteriótipos de Drácula e Caim, as maldições bíblicas, o fanatismo e as trevas. Era hora de acaabr com a ignorância que nos imputava o medo da prata e da cruz, que muitas vezes usávamos como enfeito; com as crenças sobre o efeito do alho e da água benta, que máximo nos deixavam malcheirosos e molhados. Nunca dormimos em caixões, nunca carregamos conoscos bocados de nossa terra natal e, se não saíamos ao sol, era apenas por não termos em nosso organismo melanina suficiente para nos proteger da radiação solar.
Milhares de anos foram depositados nas mãos de uma jovem humana que se tornaria a rainha d etodos nós, transformando nossa noite escura em um crupúsculo vermelho e eterno, onde finalmente poderíamos viver.

Hanzi Mare -
Rei dos Vampiros.

Livro 2


Prólogo:
Após ter sido salva das garras da morte pelo sangue de seu amado Bill Stone, a jovem Megan Grey se vê às voltas com o misterioso avanço de criaturas monstruosas, que deixaram o gélido Ártico rumo à cidade de Red Leaves. Por alguma razão, a aproximação de tais criaturas está criando o pior inverno de todos os tempos no Hemisfério Norte. 
Como se isso não bastasse, Megan enfrenta transformações no próprio corpo, que ameaçam substituir sua natureza humana por outra, animalesca e totalmente selvagem. 
Gigantes ancestrais, vampiros, rovdyrs, ódios e segredos milenares, temperados por uma paixão que atravessou vários séculos unem-se no segundo volume da Saga Red Kings, lançando a jovem Megan em um abismo de sombras, onde somente morrendo ela poderá continuar viva.


Quer saber mais da autora clique AQUI e confira.

2 comentários:

Sora Seishin disse...

Oi!!
Já tinha ouvido falar dos livros da Laura Elias, mas ainda não li nenhum. Porém as sinopses me deixaram interessada.
Beijos

Raphaela disse...

Bri, a Laura é mto boooooooooa!!!! *-*
Eu sou apaixonada pela saga Red Kings, é viciante!!!
Qndo será que ela vai lançar o 3º?

Beeijocas

Postar um comentário

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...